sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Desabafo da noite de ontem :(

Já fazia algum tempo que eu não me via desesperada!

Bom, ontem a noite tive uma infeliz ideia ...
A minha Mimi estava a precisar de banho mas, eu não tenho tido muita energia e não chego ... para as encomendas! :) Por assim dizer.

Então, lembro-me de lhe ir dar banho, eram umas vinte e duas e picos. E em vez de ser na banheira dela que é um alguidar, vou-lhe dar banho no lavatório. Primeiro shampoo, segundo shampoo, tudo bem ... ela estava muito suja, coloco-lhe o terceiro shampoo, foi a minha desgraça.
Naquelas duas lavagens ora abro e fecho a tampa do ralo do lavatório, tudo  bem até então. Quando coloco o terceiro shampoo, a tampa do ralo estava aberta ... entram dois dedos da cadela no ralo e já não saíram de lá. A minha aflição, oooh meu Deus ... e a cadela chorava e mordia-me. Pior ainda ... telefonei para umas três pessoas ... e parecia complô, ninguém atendia. Eu cada vez mais desesperada! Até que tive de bater a porta de uma vizinha, ela de certeza que já tinha ouvido a cadela a chorar mas, não se aproximou, enquanto eu não lhe fui bater a porta!

Depois, deu-me a ideia de abrir o parafuso do ralo com uma chave de fendas, boa ideia. Logo depois lembrei-me de outro vizinho para cortar o ralo com um alicate de corte, telefonei e lá fui eu para casa do vizinho, com a cadela embrulhada a uma toalha e de ralo entalado numa das patas de trás, o vizinho foi incansável, Deus o abençoe. Eu não ganhei para o aperto no coração que senti.

Eu confio na justiça Divina.
Peço compreensão, para aquilo que não entendo, sei que me está a escapar aqui alguma coisa. Tudo o que peço é que que me seja dada compreensão para eu aceitar e continuar.

                                                A minha Mimi

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Tenho Tanto Sentimento = I have so much feeling


Tenho tanto sentimento
Que é frequente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.

Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.

Fernando Pessoa


I have so much feeling
What is often persuade me
That I am sentimental,
But I recognize, to measure me,
This is all thought,
I did not feel at all.

We have, all that we live,
A life that is lived
And another life that is thought,
And the only life we have
It is this which is divided
Between true and wrong.

What is however true
And what wrong, no one
In the know explain;
And we live in a way
That life that we have
It's that have to think.


Fernando Pessoa