domingo, 6 de dezembro de 2015

Só por que sim ...

Sim, hoje é dia de choro .... sim!
Faz um ano amanhã que a minha mãe faleceu. 07-12-2014
Tenho de deixar-me chorar....
Sinto tantas saudades suas mãe ... que dor, mãe! Nunca pensei...
Meu pai do céu, meu anjo da guarda, meu Deus! "Mesmo"
Tenho andado equilibrada no trapézio!

A minha mãe adorava ouvir a Amália Rodrigues
Porém presentemente quase que não a ouço ... minha mãe, custa-me ...



domingo, 15 de novembro de 2015

Eu escolho a Paz e a Luz



Entendo agora... que tenho que te deixar ir.
Não sei, porque ficas-te em falta comigo, porém...
Estás desculpado ... de coração.
Na próxima encarnação se tiver de te encontrar ...
Que seja para te ajudar.

É realmente o fim de um ciclo ... e não tem sido nada fácil.

Florzinha

domingo, 1 de novembro de 2015

Sempre


Nem te vejo por entre a gelosia; 
Nunca no teu olhar o meu repousa; 
Nunca te posso ver, e todavia, 
Eu não vejo outra cousa!

João de Deus

domingo, 20 de setembro de 2015

Sou Companheira do Vento :)



Sou companheiro do vento
Sigo com ele o destino
Pelo caminho do nada
Não há quem saiba de mim
A não ser a semelhança
Da sombra mais apagada

Na tristeza do meu pranto
O vento chora comigo / Para não chorar sozinho
E longe da multidão
Esse pranto não tem voz / Só a terra o adivinha

Nada no mundo me prende
Sou companheiro do vento / E deixá-lo, não consigo
Na distância sou feliz
Não ouço a voz da maldade / E a paz anda comigo


I´m fellow of the wind
Follow with him the fate
The way of nothing
No one knows me
Unless the similarity
The shadow more deleted

The sadness of my tears
The wind cries with me/ For not to cry alone
And away from the crowd
This sorrow has no voice/ Earth the Only guess

Nothing in the worl arrest me
I´m fellow of the wind/ And I can't let him
In the distance I'm happy
I can't hear the voice of evil/ And peace walks with me

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

O Meu (en)Canto


Só falta dizer que mi amas!!!!!



Quis cantar a beleza de uma flor
Mas veio o frio e ela feneceu...
Quis cantar o prazer no teu olhar
Passou o tempo ... e desvaneceu.

Quis cantar o céu de anil tão puro
Veio a nuvem, e rápido o toldou...
Quis cantar a eterna juventude
Narciso que de si se enamorou...

Quis cantar a natureza verdejante
Só vi campos desertos, calcinados...
Quis cantar riso fácil, euforia,
Encontro em cada rosto olhos molhados.

Quis cantar venalidade e engano
Neste mundo transitório e cru...
Mudarei o tema do meu canto
Pois hoje, minha certeza, és Tu. :)) cof cof cof

Elisabete Aguiar

domingo, 16 de agosto de 2015

***De loucura em loucura***


Vou de loucura em loucura
Como quem anda à procura
De uma constante ilusão
Velho sonho em que persigo
Uma voz, um rosto amigo
 Perdido na multidão

Vou de loucura em loucura
Que o próprio vento murmura
Promessas de um bem ausente
Que estranha alma é a minha
Que se sente tão sozinha
Entre tanta e tanta gente

Vou de loucura em loucura
Como quem anda à procura
De uma alma fugidia
Olhos perdidos nos céus
Eu canto pedindo a Deus
P´ra me encontrar qualquer dia



I'm going crazy in crazy
As who's looking for
Of a constant illusion
Old dream in which Chase
A voice, a friendly face
Lost in the crowd

I'm going crazy in crazy
The wind whispers
Promises of an absent
That stranger is my soul
You feel so lonely
Between so and so many people

I'm going crazy in crazy
As who's looking for
An elusive soul
Eyes lost in heaven
I sing asking God

To find me any day


domingo, 9 de agosto de 2015

Things


I think of what things are brief, Yes, as much as we want and we help.

There is no death.
Florzinha

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Must take a Miracle



The miracle of love
Will take away your pain
When the miracle of love
Comes your way again

***


I really like, that speaks for me... :)
I like the subtle things but I also like things outrageously. :)
If you know what I mean!:)
Also like what it looks like and it's not, and what it is and doesn't feel like it, I like! :))

And if it wasn't for the translator of the net ... I was grilled! :))

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Só Tu



Queima-me o fogo da espera
De um sol que ainda não nasceu.
Nos raios exaltados do Amor
adormeço
como a borboleta sedente de Luz.
E as folhas verdes da minha fantasia 
caem murchas no chão da utopia.
Pelas margens da loucura
eu navego 
numa nau de ilusões
prelúdio da sinfonia incompleta 
que sempre quis compor.
Adormeço nas dobras da aurora
que revisita os meus dias
nas horas insensatas 
em que só Tu vives em mim.

Elisabete Aguiar

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Quase que já nem acredito em mim



E parece que finalmente estou a despertar. Será???

Já me chega a dor da perda ... da minha mais que tudo ... minha mãe.
Saudades.
Então o que aconteceu de novo?
Criei um perfil ... num site .... existe resmas de sites para conhecer pessoas ....
Eu estou a acordar!

Florzinha



quarta-feira, 22 de julho de 2015

Desabo


Preciso tanto
Mudar de foco.
Não sei o que fazer! :(

***
I need you so much
Change of focus.
I don't know what to do

Flor

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Sounds Like A Melody

I miss loving someone!
I miss being loved!
I miss being a take!
I miss Miss!
***
Tenho saudades de amar Alguém!
Tenho saudades de ser amada!
Tenho saudades de Ser leve!
Tenho saudades de ter saudades!


Florzinha

Addicted To Love


Miss extend my wings 



Florzinha

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Remember


Não esqueçamos
Colhemos o que semeamos.

.....

Let us not forget
We reap what we sow.


Paciente ... Love Wille Find Us ... Paciente :)


Carta ao meu amor









Meu amor, neste momento das nossas vidas era escusado fechar portas.
Estamos muito afastados. Descansa. Não te quero mal.
Observo-te de longe. Até ao dia que me canse ou arranje algo que me leve a não ter mais tempo livre.
Mas não te preocupes com a minha presença em lado nenhum. 
Se a tua felicidade depende-se de mim ..., meu amor ...
È o pai que decide.

Eu não acredito em acasos e, isso toda gente sabe.
Não é por acaso que estamos bem. :)

Vida longa para todos nós.



sexta-feira, 3 de julho de 2015

Se fossemos todos Iguais ... Aí Sim, seria um Grande Desgosto








Tenho a leve sensação que te estás a meter comigo.
É leve e fica por isso mesmo.



Hoje fui fazer um exame médico e foi muito engraçado, tinha que respirar como a técnica queria, como tinha de ser. Eu, dentro de uma cabine ... perdi os sentidos por segundos só a respirar, nem tive tempo de ficar mal disposta, muito engraçado e claro ainda fiz rir a técnica com minhas palavras.
A explicação da técnica foi, que existe pessoas muito sensíveis e isso acontece...
Mas está tudo bem, para eu não me preocupar. Mas fiquei impressionada. Acho que foi demasiado oxigénio para o cérebro de uma vez só. :))) Enfim.

sábado, 20 de junho de 2015

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Pag. 189


Nós nos havíamos conhecido num jantar em Londres durante uma das minhas visitas anteriores à Inglaterra. Foi, de uma forma fantástica e inegável amor à primeira vista. Nenhum de nós dois prestou atenção a qualquer outra pessoa à mesa naquela noite, e concluímos mais tarde que nenhum de nós dois jamais havia sido arrebatado de um modo tão completo e irracional pela força dos nossos sentimentos. Alguns meses depois, quando voltei a Londres para meu ano de licença, ele ligou e convidou-me para jantar. Eu estava a morar numa casa alugada na vila. Por isso fomos a um restaurante ali perto. Para nós dois, foi uma continuação do que havíamos sentido quando nos conhecemos. Fiquei fascinada pela facilidade com que ele me compreendia e desarmada em termos físicos pela sua força vibrante. Muito antes do vinho terminar, os dois sabíamos que já não havia mais condição para recuar.
Estava a chover quando saímos do restaurante, e ele me enlaçou enquanto corríamos, estabanados, para minha casa. Quando chegamos, ele deu-me um abraço apertado que durou muito tempo. Eu sentia a humidade e o cheiro da chuva no seu casaco, sentia seus braços envolta de mim e lembrei-me, com alívio, de como os cheiros, a chuva, o amor e a vida podem ser extraordinários. Fazia muito tempo mesmo que eu não estava com nenhum homem; e, compreendendo esse ponto, ele foi gentil, delicado e totalmente carinhoso. Nós nos víamos com a frequência que era possível. Como nós dois tínhamos a propensão a alternâncias de humor e sentimentos intensos, podíamos nos consolar com facilidade e, pelo mesmo motivo, dar amplo espaço um ao outro sempre que necessário. Falávamos sobre qualquer assunto. Eram quase de assustar sua intuição, inteligência, paixão e sua ocasional melancolia profunda.

........

domingo, 14 de junho de 2015

O dia D















E então...

Chegado o momento de te deixar em paz e eu de sentir paz,
em relação a ti.
Ainda ninguém ocupou o lugar.
Acho-me capaz de não voltar a incomodar-te, sim.
Que bom, para ti e para mim.

Flor

sábado, 23 de maio de 2015

Quando é que eu te dou paz?


Olha,  vamos ver as estrelas
De mão dada
Não abras a boca.
E se tiveres muita vontade de falar
Pensa
- Para seres bem tratado...
- Tens de tratar bem.
Eu sei
Já deverias estar em paz.
Livre de mim.
Não sei o que se passa comigo...

Florbela Ferrão


domingo, 26 de abril de 2015

Dia de Moleza






Não sei onde estou!...
E não paro!
Sinto que caminho pela terra meio seca.
Tenho de ser paciente!
Para alcançar os objectivos.
O caminho é tão ... longo. 
Triste e Contente.
Tenho fome ... da palavra ao acto.
O alimento distrai o pensamento ...
Na constante luta, esvazio o pote das emoções.
Estar disponível ... é necessário.
As vezes queria-me perdida ... nas certezas da vida.
Com o avançar do tempo e caminho, 
as certezas tornam-se mais certas.
Já não há espaço para a confusão, só 
para o drama, de quando em vez.
Estou dentro do sossego, desassossegada-mente!
Sinto uma doce paz ... 
não sei em que momento!
No principio, no meio e no fim ...
estou meio presente.

Flor Ferrão








segunda-feira, 13 de abril de 2015

Ela e o dito Amor


Porque é que ELA NÃO largava Aquela Esperança? Seria Uma coisa obsessiva? Uma ideia FIXA ... Doía tanto uma rejeição.O facto de Ela ter-se apaixonado Por uma criatura, que tinha o Coração Cheio de compartimentos, "MUITAS mulheres".  
Apetecia-LHE Pensar ... Imaginar!
Uma carta recebida, um PEDIDO de Desculpa e mil Acções a comprovar ... era ELA a Escolhida. Formavam um par tão bonito. Ela mal Sabia descreve-los. Mas ELA sabia que o amava. 

E o momento é de romance!:D
Ela de QUANDO em Vez permitia-se ...

Quero voce em Minha Alma