domingo, 7 de dezembro de 2014

Ela está a querer mudar de livro


Quero falar de ti... para mim...
Quero perceber!
Do que estou a espera?
O que gostas de
Mim...
Não chega.
Está na altura de continuar
A caminhada
Não dá mais, para estar parada.
Lamento.
Huuummmmm
Ainda tenho de me convencer 
Preciso de mais 
convicção 
Tu não gostas de mim.
Saber de gostar...
Gostar de saber de mim.
Dedicar-me tempo.
Estamos no fim do ano
Tempo de pedir ao Pai Natal...
Alguém que se dedique a mim............... eu espero.


Flor Ferrão

sábado, 1 de março de 2014

Dependente da Tristeza

Estou sentada comodamente
No vicio da tristeza
Quase que não sei conviver
com os outros sentimentos
A tristeza é o sitio mais seguro
Onde me posso encontrar

Fiz hoje 15 anos
Reconheço a tristeza
Como um banco de jardim
Com uma vista linda para a natureza virgem.

Tenho 18 anos
Começo a tratar a tristeza por tu.
Que tristeza.

Completei 21 primaveras
Estou confortável
No meio da tristeza

Acabei de fazer 28 anos
Vejo um oceano de tristeza
Eu a nadar satisfatoriamente.

Hoje fiz 37 anos
Convivo com a tristeza
Como se de alegria se trata-se

Tenho agora 43 anos
Não sei viver sem estar triste.

Estou a caminho dos 45 anos
Acabei de reconhecer um vicio.
O sentimento de tristeza.

O dia fez-se de um sol esplendoroso.

Florbela Ferrão